Home » Mundo » Moçambique recebe cem mil dólares para prevenir calamidades naturais

Moçambique recebe cem mil dólares para prevenir calamidades naturais

As principais áreas a receber apoio serão as de assistência humanitária, emergências e sistemas de aviso prévio, incluindo monitoria da segurança alimentar.

A União Africana (UA) vai disponibilizar cem mil dólares (85 mil 670 euros) para apoiar o Governo de Moçambique na prevenção, gestão e socorro a calamidades naturais.

A verba será canalizada para o Fundo para as Calamidades do Governo, que, além de verbas estatais, recebe contribuições de vários parceiros que apoiam o trabalho no terreno coordenado pelo Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC).

A preparação das autoridades para a época chuvosa – a partir de Outubro – vai estar no centro das atenções durante um encontro sectorial a realizar em Setembro, em Maputo.

Entre Outubro e Abril de cada ano, Moçambique é atingido por chuvas intensas que provocam cheias, fenómeno justificado pela sua localização geográfica, a jusante da maioria das bacias hidrográficas da África Austral.

Também o Programa Mundial para a Alimentação (PMA) das Nações Unidas anunciou, na quinta-feira, que vai apoiar o INGC de Moçambique com 166 mil dólares (141 mil 880 euros) para 12 meses, para o mesmo efeito.

As principais áreas a receber apoio serão as de assistência humanitária, emergências e sistemas de aviso prévio, incluindo monitoria da segurança alimentar.

O PMA vai oferecer nove veículos aéreos não-tripulados (também chamados “drones”), e computadores, além de formar 38 técnicos do INGC no manuseamento, levantamento, análise e processamento de dados espaciais em seus aplicativos.

A preparação das autoridades para a época chuvosa vai estar no centro das atenções do encontro sectorial a realizar em Setembro, em Maputo, referiu o director-geral adjunto do INGC, Osvaldo Machatine.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade