Home » Actualidades » Jovane Cabral não rejeitou chamada à selecção de Cabo Verde

Jovane Cabral não rejeitou chamada à selecção de Cabo Verde

"A FCF não teve uma nega por parte do jogador do Sporting”

O extremo do Sporting de Portugal, Jovane Cabral, não rejeitou a chamada à selecção de Cabo Verde. Esta informação foi avançada ao A NAÇÃO por uma fonte dentro da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), na manhã desta quarta-feira (29), numa reacção aos rumores em torno da possível opção do jovem jogador, pela selecção portuguesa, em detrimento dos “Tubarões Azuis”.

“Sobre este assunto o que podemos dizer, no momento, é que Jovane Cabral em nenhum momento rejeitou a chamada do seleccionador. Jovane recebeu a convocatória e não a negou. A FCF não teve uma nega por parte do jogador do Sporting”, escreveu aquele organismo.

Só para exemplificar, o jogador Zé Luís, ao receber a notificação da convocatória, enviou um pedido de dispensa por escrito à FCF.

Este pronunciamento vem na sequência da notícia avançada pelo site desportivo português, O JOGO, na passada segunda-feira, que dava conta que Jovane Cabral, alegadamente teria optado pela selecção das quinas.

Na mesma publicação poder-se-ia ler que o avançado sonhava em representar Portugal no Mundial de sub-20, que acontece na Polónia, em 2019. Entretanto sabe-se que Jovane nasceu em Cabo Verde em 1998, o que quer dizer que até a data do Mundial sub-20, o jovem terá 21 anos, facto que o impede de disputar a prova.

Contudo já na terça-feira, o mesmo site avançou que “o processo relativo à naturalização do atleta estava sendo tratado por uma empresa sedeada em Lisboa, prevendo-se que o mesmo fique finalizado já neste próximo mês de Setembro”.

Segundo o JOGO, citando a Invictus Team, empresa que representa o atleta, o processo está em fase terminal, pelo que até Setembro esteja tudo tratado.

Pela selecção principal de Cabo Verde, Jovane já disputou uma partida de cariz particular, frente ao Luxemburgo, em Março de 2017. Foi Lúcio Antunes o seleccionador que promoveu a primeira internacionalização a Jovane Cabral. Factos que decorreram após essa chamada levam o antigo técnico dos “Tubarões Azuis a crer que o jovem opte mesmo por Portugal.

“Vamos lá ver se ele vai estar nesta convocatória de Cabo Verde. Eu, por exemplo, depois desse primeiro jogo contra o Luxemburgo, convoquei-o mais duas ou três vezes e ele não foi”, disse o técnico ao jornal O JOGO.

Após ter sido lançado na equipa principal do Sporting de Portugal, pelo técnico, José Peseiro, o jovem foi chamado novamente à selecção de Cabo Verde. Esta convocatória refere-se ao jogo de qualificação para a CAN 2019, frente ao Lesoto.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade