Home » Actualidades » Santa Catarina: Grupos de Tabanca reúnem-se para debater os desafios desta manifestação cultural

Santa Catarina: Grupos de Tabanca reúnem-se para debater os desafios desta manifestação cultural

O objectivo é proporcionar o intercâmbio entre os grupos e fazer com que o público saiba o que é Tabanca – uma tradição antiga que está a cair em desuso.

Os grupos de Tabanca do concelho de Santa Catarina (ilha de Santiago) reúnem-se esta sexta-feira, no Museu da Tabanca, em Chã de Tanque, no Encontro Nacional de Tabanca, para debater os desafios desta manifestação cultural de Cabo Verde.

“O objectivo é proporcionar o intercâmbio entre os grupos e fazer com que o público saiba o que é Tabanca – uma tradição antiga que está a cair em desuso. É do nosso interesse manter na memória das pessoas, aquilo que é esta manifestação cultural”, disse a vereadora da Cultura, Jassira Monteiro, em declarações à Inforpress.

Segundo a autarca, o evento, realizado sob o lema “Konbersu sobri tabanka – Nu toma troga (em português, “Conversando sobre Tabanca – Vamos trocar experiências”), em parceria com o Ministério da Cultura e das Industrias Criativas, através do Instituto do Património Cultural (IPC), além dos grupos locais (Achada Leite, Charco, Palha Carga, Ribeira Manuel, Rubeira Riba, Chã de tanque), vai contar com participação de grupos da Cidade da Praia.

A intenção da edilidade, conforme informou, que é que o encontro “não fique apenas em conversa”, tendo avançando que vão propor Tabanca como Património Nacional, e que é nesse sentido que se realiza este evento, como forma de “afinar as arestas” para que possam alcançar tal desiderato.

Segundo a mesma fonte, o “dia cheio” vai ser marcado por temas ligados ao Tabanca (toque de salva, juiz de corte, rei de corte, rainha de gasadju e ladron), momentos que muitas vezes as pessoas não entendem.

Na ocasião, Jassira Monteiro informou ainda que o Festival de Tabanca, inicialmente previsto para Agosto/Novembro, vai acontecer em Novembro, após a conclusão de um inventário que está em curso para se saber que materiais os grupos carecerem, mormente indumentárias e instrumentos (corneta e tambores).

A abertura do evento, que está a aprazada para as 08:30, desta sexta-feira, contará com intervenções do edil de Santa Catarina, José Alves Fernandes, do ministro da Cultura, Abraão Vicente e do presidente do IPC, Jair Fernandes.

C/Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade