Home » Actualidades » Polícia Nacional regulariza promoções e progressões em atraso

Polícia Nacional regulariza promoções e progressões em atraso

A Polícia Nacional justifica a “normalização das promoções e progressões” nas carreiras policiais da PN como “um desafio, desde cedo assumido” pela Direcção Nacional.

A Polícia Nacional (PN) regularizou nos últimos dias 844 efectivos, dos quais 565 promoções e 279 progressões, que estavam em atraso nas carreiras do pessoal policial desta instituição e promete acabar, a curto prazo, com as promoções em atraso.

Em comunicado, a instituição salienta que, pela primeira vez, foram promovidos, de uma assentada, três intendentes, ao posto de superintendente, perfazendo-se, neste momento, um total de sete.

Na mesma linha, foram ainda efectivadas as promoções de cinco subintendentes ao posto de intendente, quatro comissários ao posto de subintendente e oito subcomissários ao posto de comissário, refere a mesma fonte.

No que concerne às categorias de subchefes e agentes, a PN promoveu 36 primeiros subchefes ao posto de subchefe principal, 21 segundos subchefes ao posto de primeiro sub-chefe, 238 agentes de primeira classe ao posto de agente principal e 250 agentes de segunda classe à primeira.

Quanto às progressões, de acordo com o documento, foram contemplados 279 efectivos, sendo 27 oficiais, 33 subchefes e 219 agentes.

A Polícia Nacional justifica a “normalização das promoções e progressões” nas carreiras policiais da PN como “um desafio, desde cedo assumido” pela Direcção Nacional, junto do Governo e um “marco importante” na história da instituição policial cabo-verdiana.

Salienta ainda, que a “sua concretização seria a realização de uma reivindicação justa e de um sonho há muito acalentado pelo seu efectivo, o que constituiria um factor de motivação gerador de sinergias importantes e indispensáveis à prossecução da missão incumbida a PN”.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade