Home » Actualidades » “Porque de Poeta e de louco todos nós temos um pouco”- Edna Almeida Menezes

“Porque de Poeta e de louco todos nós temos um pouco”- Edna Almeida Menezes

“A poesia tornou-se mais que uma paixão, agora faz parte da minha vida, e o meu maior sonho é poder lançar um livro, uma coletânea de poesias”.

Edna Almeida Menezes, conhecida por (Sinira Menezes), de Cidade Velha, estudante de Direito no Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais, é uma jovem que dedica o seu tempo livre para escrever poesias. Edna começou a escrever desde muito cedo, quando apaixonou-se pela poesia.

A partir dali Menezes continuou a escrever, mas apenas poemas. “Antes escrevia só para mim, não mostrava para ninguém, depois de algum tempo, comecei a encher de coragem e passei a mostrar o que escrevia para os meus amigos mais íntimos. Alguns me incentivavam e outros zombavam”, revela.

Menezes explica que no início era apenas uma brincadeira que nem dava tanta importância, mas quando entrou para o liceu passou a escrever com mais frequência e foi melhorando.

Sinira alega que ouvia muito as músicas de Princezito, mas que sempre escreveu por vontade própria.

“Na minha escrita abordo todos os temas, escrevo sobre amor, a saudade, falo da minha terra, das dificuldades, problemas sociais entre outros. Falo também do momento em que estamos a viver, os acontecimentos atuais, tento sempre estar perto dos meus leitores de forma mais simples possível”, ressalta Menezes.

Edna já atuou em diversos palcos, como a livraria Pedro Cardoso, o programa Cabo Verde Magazine, nas atividades escolares, no jornal de Domingo (palco de Domingo), entre outros.

O maior sonho desta jovem é poder lançar um livro, uma coletânea de poesias, uma obra material pertencente a si mesma. “ É isso que almejo e é com isso que sonho todos os dias”, desabafa a jovem.

PG

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade