Home » Actualidades » Governo, instituições e seguradoras assinam contrato para transporte de doentes

Governo, instituições e seguradoras assinam contrato para transporte de doentes

Ministro Luís Filipe Tavares garante que Cabo Verde vai adquirir um avião CASA, para fazer o transporte de doentes entre as ilhas.

O Ministério da Saúde, as Forças Armadas e o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), juntamente com duas seguradoras, assinaram, quarta-feira, 8, um contrato de prestação de serviços para o transporte de doentes.

Segundo informação do Governo , a assinatura do contrato surgiu na sequência do Memorando de Entendimento, no âmbito da tranferência sanitária de doentes, estabelecido no passado dia 4 de Julho.

Mediante o contrato agora assinado, os subscritores assumem a responsabilidade de “criar as condições e modalidades de cooperação para a evacuação inter-ilhas de doentes, com recurso às unidades aéreas e navais afetas às Forças Armadas”.

Caberá às Forças Armadas garantir a operacionalidade dos meios, enquanto as restantes instituições assumirão a comparticipação no custo operacional do processo de transporte.

O acordo foi assinado pela directora Nacional de Saúde, Maria da Luz Mendonça, em representação do Ministério da Saúde, o comandante da Esquadrilha Aérea, Major Domingos Correia, a representar as Forças Armadas.

Subscreveram, igualmente, o documento, a presidente da Comissão-Executiva do INPS, Orlanda Ferreira, e os administradores da seguradora Garantia, Jorge Alves e Luís Leite, e da Ímpar, Paulo Jorge Lima.

Em Julho, aquando da assinatura do Memorando de Entendimento, que antecedeu o contrato agora firmado, o ministro da Defesa, Luís Filipe Tavares, anunciou que Cabo Verde vai comprar um avião a Portugal, para fazer o transporte de doentes entre as ilhas e que a aeronave chegará ao país até o final do ano.

Segundo o governante, Cabo Verde vai adquirir  um avião do tipo C-212 Aviocar, também conhecido por CASA, com capacidade para 18 passageiros e dois mil quilos de carga, para passar a fazer o transporte de doentes entre as ilhas.

“É um avião moderno, está em condições, em bom estado, está a voar, não há problemas por aí”, salientou o ministro, adiantando que as condições para aquisição do avião ainda estão a ser negociadas com as Forças Armadas Portuguesas (FAP).

Segundo Luís Filipe Tavares, o avião será uma “solução de futuro”, que vai estar equipado para servir as populações de todas as ilhas, com o Estado assegurar o transporte dos doentes a quem não consegue pagar.

Com Lusa

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade