Home » Actualidades » Fogo: População improvisa maca para transportar doente a pé devido à falta de condições da estrada de acesso

Fogo: População improvisa maca para transportar doente a pé devido à falta de condições da estrada de acesso

Segundo informações apuradas pelo A NAÇÃO online, junto de familiares, foi preciso juntar 10 homens para transportar a mulher.

Uma mulher da localidade de Garrido, São Filipe, na ilha do Fogo, em estado crítico de saúde, foi transportada ontem em uma maca improvisada, com acesso a materiais de construção civil, até à estrada principal, uma vez que a estrada dessa localidade se encontra em “péssimas condições”, não permitindo o acesso de viaturas.

Segundo informações apuradas pelo A NAÇÃO online, junto de familiares, foi preciso juntar 10 homens para transportar a mulher.

Graças a esse transporte improvisado, a senhora encontra-se em recuperação no Hospital São Francisco de Assis, no concelho de São Filipe, sem representar perigo de vida.

Não é de hoje que a população de Garrido se diz insatisfeita com a situação em que se encontra a estrada nessa localidade e pede soluções “urgentes” para essa infraestrutura.

Para essas pessoas, a localidade de Garrido encontra-se “abandonada e esquecida” pelos governantes.

WM

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade