Home » Actualidades » São Domingos: Paroquianos realizam sarau cultural para financiar a conclusão da Igreja

São Domingos: Paroquianos realizam sarau cultural para financiar a conclusão da Igreja

A atividade realiza-se nesta sexta-feira, cuja expectativa é a arrecadação de fundos para a conclusão das obras, orçamentadas em 80 mil contos.

Um grupo de filhos de São Domingos lançou uma campanha intitulada “Djuntu nu ta konsigui” tendo como objetivo a arrecadação de fundos para a conclusão das obras da nova igreja de São Domingos, interior de Santiago.

Para o efeito vão realizar na sexta-feira, 13, um sarau cultural às 20h30, no Salão Paroquial de Nossa Senhora da Graça, Praia. A entrada custa 500 escudos e visa a angariação de uma parte do montante para concluir a construção da igreja, orçamentada em 80 mil contos.

Até este momento, mais de cinquenta por cento das obras já estão concluídas graças às ajudas das instituições estatais como a Câmara Municipal de São Domingos e outras instituições ligadas à igreja, nomeadamente, as Obras Pontifícias em Roma, as paróquias geminadas e a Diocese.

“Também os paroquianos fazem mensalmente campanhas de ajuda nas suas comunidades, e muitas famílias, amigos e benfeitores têm dado as suas contribuições para a nossa Igreja”, sublinhou Mário Lima, um dos representantes.

As obras de construção arrancaram em 2015 e devido às dificuldades principalmente financeiras, três anos depois a igreja ainda não está concluída.

O primeiro Sarau foi realizado no mês de maio no Salão Paroquial de São Nicolau Tolentino e o objetivo principal foi sensibilizar a sociedade civil para a adesão à campanha. Embora o acesso tenha sido livre, diz Mário Lima, “conseguimos arrecadar uma quantia satisfatória, através de doações, rifas e vendas de produtos locais”.

No Sarau que vai acontecer nesta sexta-feira, na Praia, para além de música garantida por artistas de São Domingos, haverá outras atividades culturais como “combersu sabi”, rifas e vendas de produtos tradicionais de São Domingos, nomeadamente pastéis de milho.

Os dinamizadores da campanha apelam à adesão de outros parceiros, instituições públicas e privadas, solicitando o seu apoio a esta causa.

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade