Home » Actualidades » Vindimas na adega Chã iniciam dentro de duas semanas: produção será inferior devido à seca

Vindimas na adega Chã iniciam dentro de duas semanas: produção será inferior devido à seca

A perspectiva é David Montrond, responsável da adega.

As vindimas na adega/cooperativa Chã devem iniciar dentro de duas semanas, no máximo, disse no final de semana, um técnico dessa cooperativa durante a visita de membros de Comissão Especializada de Economia Ambiente e Ordenamento do Território.

Neste momento, a adega está a ultimar os preparativos para o arranque das vindimas, informou David Montrond, observando que este ano, devido a seca do ano passado, a produção “é muito inferior” a do ano passado.

“Muitas plantas de videiras nem sequer entraram em processo de produção e no interior da Caldeira a produção “é fraca” comparando com os anos anteriores”, justificou o técnico.

A adega, segundo David Montrond, está a processar o engarrafamento de vinho branco, produção de 2017, que vai ser colocada no mercado nacional nos próximos dias, já que a adega Chã ainda não exporta os seus produtos.

Durante o encontro, os deputados foram informados da capacidade da produção da adega provisória, assim como da situação que se vive em que muitas plantas, de videira e de outras fruteiras, morreram por causa da seca.

Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade