Home » Actualidades » Portugal trava confronto directo com Irão

Portugal trava confronto directo com Irão

Os portugueses dividem a liderança com a Espanha, ambos com quatro pontos, um a mais que os iranianos.

A selecção de Portugal encerra a sua participação no Grupo B do Mundial de 2018 nesta segunda-feira, às 17h00 (de Brasília), fazendo um confronto directo com o Irão na Mordovia Arena, em Saransk, na Rússia. Os portugueses dividem a liderança com a Espanha, ambos com quatro pontos, um a mais que os iranianos. No mesmo horário os espanhóis duelam com o já eliminado Marrocos.

Portugal, que neste Mundial empatou por 3 a 3 com a Espanha e derrotou Marrocos por 1 a 0, tem a vantagem do empate para avançar até às oitavas de final. Aos iranianos, apenas a vitória interessa. A formação asiática venceu os marroquinos por 1 a 0 e perdeu, pelo mesmo resultado, para os espanhóis.

Fernando Santos, treinador de Portugal, alegou seus comandados para o forte esquema defensivo do Irão: “A selecção do Irão tem uma defesa muito difícil de ser vazada e isso ficou visível nos dois primeiros jogos da Copa do Mundo. Acho que o fato deles precisarem do resultado não vai interferir nesta qualidade defensiva, pois duvido que eles possam se expor. Pelo menos não no começo do jogo. Como não pretendemos jogar pelo empate, vamos tentar nos impor e atacante, porém, com responsabilidade”, disse o técnico.

A principal aposta portuguesa é Cristiano Ronaldo, considerado o melhor jogador do mundo e que marcou os quatro golos de Portugal no torneio até aqui. Parar CR7, inclusive, é uma espécie de lição de casa para os iranianos caso queiram realmente a vaga nas oitavas de final. Porém, isso não parece atordoar ao técnico Carlos Queiroz, que também é português.

“Portugal não é apenas Cristiano Ronaldo. Pensamos no jogo de maneira coletiva e por isso não adianta nada me preocupar apenas com um jogador. Se marcarmos Cristiano Ronaldo livre, outros jogadores podem aproveitar o espaço e decidirem o jogo para Portugal. O importante é nos mostrarmos consistentes na defesa e prontos para decidir o jogo na base dos contra-ataques”, analisou Queiroz, que vai repetir a escalação do duelo contra a Espanha.

A equipa portuguesa deverá ter força máxima para encarar o Irão. Ausência nos últimos dias por conta de uma gripe, o meio-campista João Moutinho participou normalmente da última actividade comandada pelo treinador Fernando Santos antes da viagem para Saransk.

Além de João Moutinho, Raphael Guerreiro não participou de alguns treinamentos devido a dores musculares, no entanto, trabalhou sem limitações nesse domingo no CT do Saturn, em Kratovo, local em que Portugal tem treinado ao longo da Copa do Mundo.

Tanto Moutinho quanto Guerreiro devem fazer parte do time titular para a última partida da fase de grupos da Copa do Mundo. A volta dos dois atletas aliviou Fernando Santos, já que ambos têm características importantes para o esquema de jogo do treinador.

Pelo regulamento do Mundial, as selecções se enfrentam dentro de seus respectivos grupos em turno único. Ao fim, as duas melhores colocadas avançam para as oitavas de final, enquanto que as demais voltam para casa.

FICHA TÉCNICA
IRÃO X PORTUGAL

Local: Mordovia Arena, em Saransk (Rússia)
Data: 25 de junho de 2018, segunda-feira
Horário: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Enrique Caceres (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo (PAR) e Juan Zorrilla (PAR)

IRÃ: Ali Beiranvand; Rezaeian, Morteza Pouraliganji, Khanzadeh, Majid Hosseini; Shojaei, Ezatolahi, Ansarifard, Amiri Jahanbakhsh; Azmoun.
Técnico: Carlos Queiroz

PORTUGAL: Rui Patricio; Cedric Soares, Pepe, Jose Fonte, Raphael Guerreiro; William Carvalho, Joao Moutinho, Bernardo Silva, Joao Mario; Gonçalo Guedes; Cristiano Ronaldo
Técnico: Fernando Santos

Fonte: Gazeta esportiva

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade