Home » Lazer » Mudam e não nos avisam

Mudam e não nos avisam

Abraão Vicente informa que está na Madeira, a convite da Atlanticulture Center, como orador de honra, “para falar como Cabo Verde usou as indústrias criativas para reinventar e se posicionar no Atlântico”. ZIG não sabia que Cabo Verde se tinha “reinventado” e “se reposicionado” – as últimas noticias dizem que continuamos rigorosamente nas mesmas latitudes e longitudes, no oceano Atlântico, a quem 500 milhas de Dacar, Senegal. Está na hora de aproveitarmos tanta “reinvenção” e começarmos a exportar o disparate, enquanto produto “made in” Cabo Verde, em mega-contentores. A nossa balança comercial haveria de registar uma melhoria sem precedentes em toda a sua História.

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade