Home » Mundo » Timor-Leste: Presidente do Parlamento pede que divergências políticas sejam ultrapassadas

Timor-Leste: Presidente do Parlamento pede que divergências políticas sejam ultrapassadas

Arão Noé Amaral sustenta que é essencial que o Parlamento contribua para a estabilidade, segurança e desenvolvimento do país.  

O novo Presidente do Parlamento Nacional timorense pede aos novos 65 deputados que defendam os interesses da nação e do povo, acima de qualquer outro, ultrapassando as divergências políticas que surgiram durante a campanha eleitoral.

No seu primeiro discurso depois de ser eleito, Arão Noé Amaral disse que é essencial que o Parlamento contribua para a estabilidade, segurança e desenvolvimento do país, avançando “como prioridade” para a aprovação do Programa do Governo e Orçamento para este ano.

“É uma grande honra ter sido eleito presidente do Parlamento Nacional na 5.ª legislatura”, disse –citado pela Lusa -, depois de ter sido eleito, quarta-feira, 13, com 36 votos a favor e 29 contra.

Comprometendo-se a cumprir com “firmeza” a constituição e as leis, e a servir “também com firmeza” o povo de Timor-Leste, Arão Noé Amaral disse que os partidos “também são património do Estado”, e que as divergências políticas devem agora ser ultrapassadas a bem do país.

Entre as prioridades do Parlamento, o novo Presidente destacou a urgência do Programa do Governo e do Orçamento Geral do Estado para 2018, “para que o Governo possa assegurar desenvolvimento e estabilidade, saindo do regime duodecimal” com que o país vive desde Janeiro.

Rever “legislação relevante de interesse nacional” e “trabalhar para implementar Programas do Governo” são igualmente prioridades.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade