Home » Actualidades » Santa Catarina: PN entrega à Justiça assaltantes de residências e na via pública

Santa Catarina: PN entrega à Justiça assaltantes de residências e na via pública

Foram também apreendidos vários “instrumentos de crimes" que eram usados pelos meliantes para a prática de assaltos às residências e na via pública

O comandante da PN de Santiago Norte disse esta segunda-feira, 21, que a Polícia “não vai baixar a guarda” à criminalidade e que vai prosseguir com as investigações para deter mais indivíduos envolvidos em assaltos no concelho de Santa Catarina.

Estêvão Vaz, que falava à imprensa em jeito de balanço da operação realizada este sábado, 19, conduzida pela Esquadra de Santa Catarina, através da Brigada de Investigação Criminal (BIC), tutelada pelo Ministério Público, informou que os assaltantes já estão detidos e entregues à Justiça, que hoje levou a cabo os primeiros interrogatórios.

De acordo com este responsável, com a realização destas detenções a criminalidade no concelho vai diminuir, sendo já notório a sua redução em relação ao ano anterior, tendo realçado que a Polícia vai continuar com as investigações, tendo em conta que ainda há mais envolvidos à solta.

Relativamente a esta operação que envolveu agentes da BIC de Santa Catarina e efectivos das seis esquadras da região de Santiago Norte, informou que a mesma resultou na detenção de seis supostos assaltantes, bem como um indivíduo detido em flagrante delito na posse de marijuana e que fazia parte do grupo.

Na operação em que foi feita busca a várias residências nas zonas de Tarrafalinho, Cutelo e Achada Galego, foram recuperados materiais diversos, como motos, bicicletas e electrodomésticos, como frigorífico e televisão plasma que já estão a ser reconhecidos pelos respectivos donos.

Foram também apreendidos vários “instrumentos de crimes”, que segundo o subintendente Estêvão Vaz, eram usados pelos meliantes para a prática de assaltos às residências e na via pública, nomeadamente armas de fogo, tacos de basebol, catanas e “boques”.

A PN informou ainda que numa operação já tinham detido mais três indivíduos que praticavam roubo e assaltos a residências na localidade de Ribeirão Manuel, encontrando os mesmos em prisão preventiva.

O comandante Vaz enalteceu, no entanto, a colaboração de populares e do poder judiciário, tendo apelado às comunidades que continuem a cooperar com as autoridades policiais em vista à diminuição da criminalidade no concelho de Santa Catarina.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade