Home » Actualidades » Praia celebra 160 anos: capital contribuiu com 68 milhões de escudos para o PIB nacional

Praia celebra 160 anos: capital contribuiu com 68 milhões de escudos para o PIB nacional

De 1937 até aos nossos dias, a cidade registou inúmeras transformações e desafios que persistem, entre eles o urbanismo, saneamento e meio ambiente, criminalidade e combate ao desemprego.

A capital de Cabo Verde, Praia, comemora este domingo, 29, 160 anos da elevação à categoria de cidade. De 1937 até aos nossos dias, a cidade registou inúmeras transformações e desafios que persistem, entre eles o urbanismo, saneamento e meio ambiente, criminalidade e combate ao desemprego.

Dados divulgados pelo INE mostram que em 2017 a capital tinha 159 mil e 27 habitantes, sendo 80 mil 318 mulheres e 78 mil 709 homens. O ano passado a Praia tinha 44 mil e 79 agregados familiares, contra 32 mil 967 registados em 2010.

Relativamente por exemplo, ao sector da saúde, os dados mostram ainda que em 2017 existiam 186 médicos, 237 enfermeiros e 45 farmacêuticos na capital. Em 1937, em plena época colonial, existiam apenas 4 médicos,16 enfermeiros e 4 farmacêuticos para uma população na altura de sete mil e 317 habitantes.

Já em termos de educação, em 2017 existiam seis mil 831 alunos no pré-escolar, 17 mil 765 no ensino básico e 14 mil 249 no secundário.

No que tange a condições de vida, em 2017 91,8% da população já tinha acesso à eletricidade, 62,1% acesso à rede pública de água, 85,5% acesso a casa de banho e 85,2% acesso à rede de esgoto.

Em termos económicos, a Praia detinha em 2017 duas mil 616 empresas activas que geraram um volume de negócios que ronda os 111 milhões de escudos, enquanto em 2015 o PIB total da capital era cerca de 68 milhões de escudos.

Porém, em 2017 a taxa de desemprego da população da capital com 15 ou mais anos, era de 16,2%.

GC

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade