Home » Actualidades » Ayo, Sara Tavares e Kriol Band aguardadas com expectativa na segunda noite do KJF

Ayo, Sara Tavares e Kriol Band aguardadas com expectativa na segunda noite do KJF

Depois da noite memorável de ontem, a segunda noite do KJF antevê um cartaz igualmente promissor. Cabe à luso-cabo-verdiana Sara Tavares inaugurar o palco do KJF, naquele que é também o seu segundo espectáculo na história do festival.

Depois da noite memorável de ontem, a segunda noite, do KJF antevê um cartaz igualmente promissor. Cabe à luso-cabo-verdiana Sara Tavares inaugurar o palco do KJF, naquele que é também o seu segundo espectáculo na história do festival.

Na bagagem a cantora de sucessos como “Balancé” ou “Ponto de luz” deverá trazer o novo disco “Fitxadu” já bem conhecido e acarinhado pelo público cabo-verdiano. Depois, segue-se outra voz feminina.

Ayo, outro nome bem conhecido e não menos acarinhado em Cabo Verde. A cantora de origem nigeriana e alemã é provavelmente um dos nomes mais aguardados da noite, assumindo-se como uma cantora da worldmusic, numa viagem por sonoridades que oscilam entre o soul, o reggae e a música folclórica de origem africana.

Não menos aguardada será a subida ao palco da banda que se segue. A Kriol Band vai juntar no palco um naipe de instrumentistas de luxo, numa verdadeira fusão de jazz de várias influências. Os crioulos Boy Gê Mendes e Hernani Almeida juntam-se a Jacob Devieureux (Guadalupe), Jowee Omicil (Haiti), Yissy Garcia (Cuba), Thierry Fanfant (Guadalupe), Mario Canonge (Martinica) e Taffa Cissé (Senegal) para um espectáculo que irá certamente surpreender o público.

O cartaz destes 10 anos do KJF encerra com Bantu. O colectivo que vem directamente de Lagos, na Nigéria, para contagiar o palco do KJF ao som dos ritmos electrizantes do afrofunk, dancehall e afrobeat, deixando transparecer a mescla cultural que se vive naquela metrópole nigeriana.

Mas, antes deste fim de semana de intenso  jazz crioulo, o KJF foi ainda preenchido por mais dois dias de música de acesso gratuito ao público. Na quinta-feira,19, numa parceria AME/KJF os Tubarões e os Bulimundo subiram também ao palco da Pracinha da Escola Grande. Eles que são os grandes homenageados desta 10ª edição do festival. No fim de semana anterior, no passado sábado, 14, a Zona Kriol invadiu também a Várzea, levando música aos bairros. Hilário Silva, Wilson Silva e a brasileira Flávia Coelho, foram os protagonistas da noite. 

GC

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade