Home » Actualidades » Santo Antão: Fábrica de azulejos já está no mercado nacional com produção à volta de 24 mil pedras/ano

Santo Antão: Fábrica de azulejos já está no mercado nacional com produção à volta de 24 mil pedras/ano

A direcção dessa fábrica, instalada em Penedo de Janela, pela Fundação dos Amigos do Paul, na Holanda, confirmou que o produto começou, esta semana, a ser colocado no mercado, “a um preço competitivo”.

A unidade de produção de azulejos, através de reciclagem de plásticos, sita em Janela, Santo Antão, começou a colocar o produto no mercado nacional, com uma produção anual que poderá chegar a 24 mil pedras de diferentes padrões.

A direcção dessa fábrica, instalada em Penedo de Janela, pela Fundação dos Amigos do Paul, na Holanda, confirmou que o produto começou, esta semana, a ser colocado no mercado, “a um preço competitivo”, tendo a unidade recebido já pedidos de encomenda de clientes em Santo Antão e São Vicente.

A unidade, a primeira do género instalada em Cabo Verde, consegue, nesta fase, produzir, em média, por dia, quase 70 pedras de azulejos de diferentes modelos, o que representa uma produção mensal de perto de duas mil pedras, explicou Hirondino Silva, responsável pela gestão dessa unidade.

A presidente da Fundação dos Amigos do Paul na Holanda, Maria Teresa Segredo, disse augurar “grande futuro” para essa fábrica, que emprega, para já, sete pessoas, e cuja instalação partiu de “uma grande preocupação” de se livrar o ambiente dos plásticos, através do seu reaproveitamento para produzir azulejos.

Trata-se, por isso, de um projecto que, além de dinamizar a economia santantonense, terá “grande impacto” na promoção do ambiente, acredita a responsável.

O projecto, que representa um investimento à volta dos quatro mil contos, foi financiado pela Cooperação Holandesa, através da Universidade Tu Delf, em Rotterdam.  

Fonte: Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade