Home » Actualidades » Santiago: Baía do Tarrafal acolhe SwimRun

Santiago: Baía do Tarrafal acolhe SwimRun

Esta competição é organizada pela Tarrafal Swim , uma organização informal de natação desportiva.

A Baía do Tarrafal de Santiago recebe neste sábado (31) a primeira edição do “Tarrafal SwimRun”. Trata-se de uma prova combinada e alternada de corrida e natação em águas abertas, num percurso de seis mil metros. Esta competição é organizada pela Tarrafal Swim , uma organização informal de natação desportiva.

A promoção da natação desportiva e suas variantes em águas abertas em Cabo Verde, usando os meios naturais exigentes é o objectivo do “Tarrafal SwimRun”, um evento sem precedentes no país.

O SwimRun é uma nova disciplina desportiva que surgiu em 2002 na Suécia  e expandiu-se rapidamente pelo mundo fora. É uma disciplina mista que comporta pelo menos duas transições entre a corrida e a natação. Em Cabo Verde, e nesta prova particular no Tarrafal, a modalidade chega pelas mãos da Tarrafal Swim.

Desde o passado dia 24 as inscrições para participar nesta competição foram encerradas, numa prova pretendida nas categorias de feminino e masculino. São esperados atletas da cidade da Praia, entre eles José Fonseca, Daniel Gonçalves, Daniel Paco, bem como a equipa do Tarrafal Swim com Killas Loff, Erica Soares, Delfi Gomes, Emanuel Lopes e Mick Furtado,28 elementos da 3ª Região Militar, bem como o nadador de Rincom Carlos Horta,

A organização estabeleceu como “taxa” de inscrição um produto qualquer, para ser entregue nas Tendas El Shaddai, organização que ampara e cuida de jovens com problemas com o consumo de álcool, drogas e outros vícios.

Ainda para inscrição, o participante deverá assumir, através de assinatura de um documento, que possui robustez física e saúde necessárias á conclusão da prova. Neste sentido a organização não se responsabiliza por eventuais acidentes ou danos que os participantes possam sofrer no decorrer da prova.

O Tarrafal SwimRun compreende uma distancia de seis quilómetros, fraccionada em três percursos a nado e a corre.

Preparação

Um dos principais propósitos desta prova é a consolidação da natação desportiva em Santiago, particularmente no Tarrafal. No ano passado foi feita uma experiência desta natureza, mas que não correu muito bem. Este ano a organização espera contribuir para a implementação de uma nova prática no país.

“Concedemos aos nossos nadadores a possibilidade de se manterem preparados e motivados com algum ritmo de competição, na eventualidade de uma possível prova nacional ou internacional”, diz  o mentor da prova, Emanuel de Oliveira.

Assim sendo o grande prémio da prova dá-se no domínio da preparação dos atletas. Entretanto a organização vai oferecer taças e medalhas aos primeiros classificados, a par das habituais lembranças de participação.

Base

A organização da prova não solicitou qualquer apoio, pois não é este o seu objectivo conforme faz saber Emanuel de Oliveira. “O nosso propósito é de dar e não de quedar-se parado e condicionado a apoios. Oferecemos a nossa energia e capacidade de organizar, criando uma base e um hábito que mais tarde possam servir de suporte à introdução da natação indoor”, acrescenta.

Diante deste facto a Agencia Novatur é a única entidade que se associou ao evento desportivo, enquanto parceira comercial. Ainda que em outros moldes, também se associaram pescadores, nadadores salvadores, surfistas, Polícia Nacional, Agência Marítima e Portuária e CV Movel.

JF

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade