Home » Actualidades » Destaques da edição 551 do Jornal A NAÇÃO

Destaques da edição 551 do Jornal A NAÇÃO

CONCESSÃO DE TRANSPORTE MARÍTIMO INTER-ILHAS

CONCORRENTES TEMEM JOGO DE CARTAS MARCADAS

Quatro das oito empresas que se apresentaram ao concurso internacional para a concessão de transporte marítimo de passageiros e cargas inter-ilhas em Cabo Verde viram-se, de imediato, excluídas da disputa. Duas, pelo menos, a “Polaris” (de São Vicente) e a “Palm Shipping Lines/Tschudi Ship Management” (Cabo Verde/Holanda), interpuseram recurso junto da ARAP (Autoridde Reguladora das Aquisições Públicas). Há quem fale em jogo de cartas marcadas e peça a revisão de todo o processo.

CONSTRANGIMENTOS

EMPRESAS PORTUGUESAS ARRASAM AMBIENTE DE NEGÓCIOS EM CABO VERDE

Os operadores portugueses instalados em Cabo Verde continuam a reclamar de inúmeros constrangimentos que dificultam o desenvolvimento dos seus negócios no país. Para além dos crónicos problemas dos transportes, do sistema alfandegário e da morosidade da Justiça, queixam-se de fiscalização “excessiva” por parte das autoridades cabo-verdianas. A existência de “fenómenos estranhos” em determinados concursos é também referido.

JUSTIÇA

TRIBUNAL CONSTITUCIONAL MANDA DESCONGELAR CONTAS DA AGAM

O Tribunal Constitucional mandou descongelar as contas da “Atlantic Global Asset Management” (AGAM), que estiveram mais de nove meses bloqueadas, por ordem do Ministério Público. A empresa de capitais russos pode, assim, desenvolver as suas actividades sem qualquer problema.

MIGRAÇÃO

NIGERIANO QUER RESPONSABILIZAR ESTADO PELOS GASTOS EFECTUADOS

Barrado na fronteira do Aeroporto da Praia, um cidadão nigeriano quer responsabilizar o Estado cabo-verdiano pelos gastos efectuados com a viagem. Clement Ugochukwu Okika diz-se vítima de maus-tratos e discriminação por parte dos agentes da Polícia cabo-verdiana.

ELTON DELGADO   DENUNCIA

“EM SÃO VICENTE PAGA-SE PARA FAZER TEATRO”

Em São Vicente, boa parte dos grupos dedica-se ao teatro mais pelo gozo e prazer que esta forma de arte lhes proporciona. É esta a convicção de Elton Delgado, presidente da Companhia de Teatro “Somá Cambá”, quando fala das dificuldades e dos bastidores dos espectáculos na “Ilha do Monte Cara”.

FUTEBOLISTA PEPA

O SENHOR “CAPITÃO” DA ACADÉMICA DO MINDELO

É um dos mais veteranos atletas a actuar no futebol em São Vicente. Pertence a uma geração de grandes nomes da modalidade na “Ilha do Monte Cara”, como os casos de Nando (ex-capitão da Selecção Nacional) e Nhambú (Mindelense). Nesta temporada cumpre a sua quarta época consecutiva ao serviço da Académica do Mindelo. Apesar da idade, por agora, Pepa está disposto a pendurar as chuteiras.

Encontra, também, nesta Edição nº 551 – que já está bancas -, o habitual Caderno ETC.; a par da Opinião de Ricardino Neves; e da Coluna de Filinto Elísio.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade