Home » Actualidades » Angola: Eduardo dos Santos recua e não abandona liderança do MPLA

Angola: Eduardo dos Santos recua e não abandona liderança do MPLA

Ex-Presidente de Angola anunciou, no Comité Central do MPLA, que, ao contrário do que tinha prometido, não vai abandonar a liderança do partido. 

 

José Eduardo dos Santos disse, esta semana, que estaria disposto a abandonar a presidência do MPLA. No entanto, esta sexta-feira, 16, o ex-Presidente de Angola anunciou, na reunião do Comité Central (CC) do partido, que continuará as funções, pelo menos, até à realização de eleições autárquicas no país, que deverão acontecer até 2022.

A notícia foi avançada pela RTP, isto depois de o líder do MPLA ter anunciado a realização de um congresso extraordinário para “resolver” a liderança no partido, evento este que se deverá realizar em Dezembro deste ano ou Abril de 2019.

José Eduardo dos Santos – recorde-se -, esteve 38 anos no poder em Angola. Nas eleições de 2017, decidiu não concorrer às eleições, tendo sido substituído no cargo por João Lourenço, “vice” do MPLA.

Apesar de ter abandonado a liderança do país, Eduardo dos Santos não abdicou da chefia do partido.

Durante a reunião do CC, que decorreu esta sexta-feira, em Luanda, o ex-presidente parece ter mudado de ideias e reiterou que ficará na liderança do partido, pelo menos, até à realização das próximas eleições autárquicas.

Esta reunião do CC acontece numa altura em que vários militantes criticam, abertamente, a alegada bicefalia no partido no poder em Angola desde 1975, entre João Lourenço, vice-presidente do partido e Chefe de Estado desde Setembro, e José Eduardo dos Santos a liderar o MPLA desde 1979.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade