Home » Actualidades » Olavo Correia co-preside reunião sobre Cooperação dos PALOP/TL com a UE em Bruxelas

Olavo Correia co-preside reunião sobre Cooperação dos PALOP/TL com a UE em Bruxelas

O encontro extraordinário, em Bruxelas acontece sob a celebração dos 25 anos da cooperação PALOP/TL com a UE

O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, está em Bruxelas, Bélgica, para co-presidir a reunião extraordinária dos Ordenadores Nacionais da Cooperação dos PALOP/TL com a União Europeia que decorre de 07 a 09 de Março.

O encontro tem como objectivo a definição conjunta das principais orientações estratégicas do programa de cooperação com a União Europeia, bem como fazer um balanço da implementação dos projectos no quadro do 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento (FED) e do processo de instrução dos projectos do 11º FED.

Em comunicado de imprensa, o Governo refere que Olavo Correia co-preside a reunião no exercício da presidência política do Programa de Cooperação dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP)/Timor-Leste (TL) com a União Europeia (UE) e como ordenador nacional do FED.

Dois dos projectos do 10º FED que se encontram na fase final de execução estão sob coordenação de Cabo Verde: o “Projecto de melhoria da qualidade e proximidade dos serviços públicos nos PALOP/TL”, executado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, e o “Projecto de apoio as instituições superiores de controle das finanças públicas – Tribunal de Contas e Parlamentos e a Sociedade Civil”.

O encontro extraordinário, em Bruxelas, conforme a mesma fonte, acontece sob a celebração dos 25 anos da cooperação PALOP/TL com a União Europeia e numa altura em que se equaciona o futuro da cooperação entre a UE e os países África-Caribe-Pacífico (ACP), pós 2020, ou seja, depois do período da implementação do Acordo de Cotonou, assinado entre a União Europeia e a ACP em 2000.

A última reunião de Ordenadores Nacionais da Cooperação PALOP e Timor-Leste com a União Europeia teve lugar na Cidade da Praia de 07 a 09 de Dezembro de 2016, na qual foi proferida a “Declaração da Praia”, que reafirmou o espírito de solidariedade, partilha e pertença duma comunidade com factores identitários comuns e com uma cooperação Sul-Sul de 25 anos com a União Europeia.

Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade