Home » Actualidades » Cabo Verde Fast Ferry vai acabar

Cabo Verde Fast Ferry vai acabar

A informação foi avançada pelo próprio Ministro do Turismo, Transportes e Economia Marítima, José Gonçalves numa entrevista concedida à RDP África.

A empresa de transporte marítimo Cabo Verde Fast Ferry, proprietária dos navios Kriola, Liberdadi e Praia d’Aguada vai deixar de existir.

A informação foi avançada pelo próprio Ministro do Turismo, Transportes e Economia Marítima, José Gonçalves numa entrevista concedida à RDP África.

Segundo avança o Ministro, com o lançamento do concurso internacional de concessão do serviço de transporte marítimo inter-ilhas, “a atual empresa pública não é sustentável”.

José Gonçalves revela ainda que a Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde vai ser concessionada e a Sociedade de Desenvolvimento Turístico Ilhas da Boa Vista e Maio será alienada.

Uma entrevista conduzida pela jornalista Carla Henriques que será transmitida na íntegra hoje, depois do noticiário das 16h (hora de Lisboa), com repetição no sábado, dia 10 de março, após o jornal das 7h.

Terra Nova

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade