Home » Actualidades » China liberta mais de mil prisioneiros durante Ano Novo Lunar

China liberta mais de mil prisioneiros durante Ano Novo Lunar

Segundo o calendário chinês, que se baseia nos ciclos da lua, o Ano Novo começa a 16 de Fevereiro, sob o signo do Cão.

 

Um total de mil e 300 prisioneiros chineses recebeu permissão para passar a semana do Ano Novo Lunar com as famílias, informou o Ministério da Justiça chinês, num gesto invulgar no país.

A medida beneficia prisioneiros que têm registo de bom comportamento, condenados por crimes não graves e cuja libertação temporária não acarreta perigo para a segurança pública, segundo o portal noticioso chinês “Sixth Tone”.

Segundo o calendário chinês, que se baseia nos ciclos da lua, o Ano Novo começa a 16 de Fevereiro, sob o signo do Cão, um dos 12 animais do zodíaco da China.

Trata-se da principal festa das famílias chinesas.

Os presos abrangidos pela medida terão que usar uma pulseira electrónica, de forma a que as respectivas prisões possam controlar os seus movimentos ao longo dos cinco dias.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade