Home » Actualidades » Santa Cruz: Juiz sob ameaça de morte após condenar homicida

Santa Cruz: Juiz sob ameaça de morte após condenar homicida

Por falta de meios, a Polícia Nacional alega não ter condições para garantir a segurança de Manuel Lopes Cabral

 

O juiz da Comarca de Santa Cruz, Manuel Lopes Cabral, está sob ameaça de morte. Isto acontece após o mesmo ter condenado a 16 anos de prisão o hiacista Paulo Jorge pelo assassinato da companheira Adalgisa, em Fevereiro do ano passado, naquele concelho do interior de Santiago. A sentença foi conhecida no final de Janeiro último.

Conforme avançam fontes deste on-line, por falta de meios, a Polícia Nacional alega não ter condições para garantir a segurança de Manuel Lopes Cabral.

“O juiz, que mora na cidade da Praia, estava, na manhã desta segunda-feira, parado no meio da estrada com receio de ir para Santa Cruz. Pessoas chegadas ao Paulo Jorge estão a ameaça-lo de morte. O juiz tinha, esta manhã, que ir a Pedra Badejo ler sentenças de arguidos presos, mas teme pela sua vida”, conta uma das nossas fontes.

A NAÇÃO conseguiu apurar ainda que elementos da Polícia Judiciária estão a ser mobilizados da Praia para irem a Santa Cruz garantir a segurança do juiz.

“O pior é que juiz não confia nem nos outros colegas magistrados, já que alguns, alegadamente, estiveram a pressioná-lo para não proferir a sentença dentro do prazo, de modo a permitir que o arguido saísse em liberdade por excesso de prisão preventiva”, conta uma outra fonte.

Contactado por telefone, Manuel Lopes Cabral confirmou ao A NAÇÃO estar sob ameaças, mas recusa-se a falar, por agora, sobre o assunto.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade