Home » Actualidades » BCV nega ter recebido qualquer pedido para criação do banco de David Chow

BCV nega ter recebido qualquer pedido para criação do banco de David Chow

Num comunicado chegado à nossa redacção o BCV que "até à data de hoje, dia 06 de fevereiro", "não recebeu qualquer pedido para a criação de um banco cabo-verdiano com capital chinês, nomeadamente do empresário David Chow".

Depois de uma notícia veiculada pelo site Macauhub e replicado pelo A NAÇÃO online que dava conta de que o BCV já havia recebido toda a documentação relativa ao processo de licenciamento do Banco Sino-Atlântico, propriedade do empresário macaense David Chow, o Banco de Cabo Verde vem a público esclarecer que isso não é verdade.

Num comunicado chegado à nossa redacção o BCV garante que “até à data de hoje, dia 06 de fevereiro”, “não recebeu qualquer pedido para a criação de um banco cabo-verdiano com capital chinês, nomeadamente do empresário David Chow”.

Recorde-se que David Chow tem em curso a construção do complexo turístico Djeu na cidade da Praia, que engloba a construção de um casino. A criação do banco deverá servir de suporte à actividade económica resultante do casino e havia sido aventada publicamente pelo próprio David Chow ao primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva.

Porém, dadas as informações prestadas agora pelo BCV, até agora, o Banco Central de Cabo Verde não recebeu qualquer pedido de licenciamento, contraindo assim os dados avançados pelo Macauhub.

GC

 

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade