Home » Mundo » Venezuela: Oposição suspende diálogo com o Governo

Venezuela: Oposição suspende diálogo com o Governo

O Presidente da Venezuela advertira que as negociações seriam "a última oportunidade" para a oposição.

O partido opositor na Venezuela – Ação Democrática (AD) – suspendeu a sua participação na reunião de diálogo com o Governo venezuelano, prevista para a República Dominicana, acusando o ministro do Interior de declarações falsas e irresponsáveis.

Segundo a AD, a decisão deve-se às declarações “irresponsáveis do ministro do Interior” e da Justiça, Néstor Reverol.

Néstor Reverol afirmou que a localização do ex-polícia rebelled, Óscar Pérez, assassinado na segunda-feira, 15, pelo Governo, foi possível graças à colaboração dos oposicionistas que participavam no diálogo.

Segundo o portal “Crónica Uno”, a oposição tinha pedido ao ministro que se retratasse de “tamanha infâmia”, o que não aconteceu.

Por outro lado, numa carta pública dirigida ao Presidente da República Dominicana, Danilo Medina, a Mesa de Unidade Democrática (MUD), que inclui a AD entre outros partidos venezuelanos da oposição, advertiu que os recentes acontecimentos ocorridos na Venezuela comprometiam as negociações.

O ministro do Interior venezuelano, Néstor Reverol, confirmou, terça-feira, 16, que o ex-polícia rebelde e piloto do helicopter, Óscar Pérez, e outras seis pessoas que o acompanhavam morreram na segunda-feira, durante uma operação policial para a sua captura.

A 16 de Janeiro, o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, advertiu que as negociações previstas para 18 e 19 de Janeiro, na República Dominicana, seriam “a última oportunidade” para a oposição.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade