Home » Mundo » Timor-Leste: PR defende criação urgente de Autoridade Marítima

Timor-Leste: PR defende criação urgente de Autoridade Marítima

O Chefe de Estado falava na Base Naval de Hera, nas comemorações do 16.º aniversário da componente naval das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL). 

O Presidente timorense (PR) defende “a urgência” da constituição de uma Autoridade Marítima Nacional (AMN), elemento essencial na protecção e defesa dos importantes recursos marítimos de Timor-Leste.

“Trago à atenção do Governo, de maneira especial, a urgência do processo de constituição da Autoridade Marítima Nacional, necessária para a coordenação mais eficiente das várias forças e entidades envolvidas em ações de defesa e segurança e no combate a atividades ilícitas”, declarou Francisco Guterres Lu-Olo, num discurso proferido nos arredores de Díli (a Capital daquele país lusófono da Ásia).

O Chefe de Estado falava na Base Naval de Hera, nas comemorações do 16.º aniversário da componente naval das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), que assinalam o dia em que o então ministro da Defesa português, Rui Pena, entregou às autoridades timorenses duas lanchas: a Oecussi e a Ataúro.

A entrega marcou um processo contínuo e ininterrupto do apoio de Portugal à componente naval e às restantes componentes das F-FDTL ao longo dos últimos 16 anos.

O Presidente timorense destacou, por isso, o “apoio fundamental” de Portugal na criação da componente naval e, desde aí, também a assistência de países como Austrália, Indonésia, Papua Nova Guiné e Estados Unidos.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade