Home » Actualidades » Santo Antão: Projeto de desenvolvimento dos sistemas de transporte e distribuição de eletricidade pronto no 1º semestre de 2018

Santo Antão: Projeto de desenvolvimento dos sistemas de transporte e distribuição de eletricidade pronto no 1º semestre de 2018

Esta quarta-feira, a Electra inaugura o projeto de interligação energética de Manuel Lopes, também no interior do concelho do Porto Novo.

O projeto de desenvolvimento dos sistemas de transporte e distribuição de eletricidade na ilha de Santo Antão, num montante global de cinco milhões de euros (550 mil contos), fica concluído no decurso primeiro semestre do próximo ano.

A informação foi avançada, terça-feira, pelo administrador executivo da Empresa de Eletricidade e Água (Electra), Manuel Silva, durante a inauguração da interligação energética da localidade de Dominguinhas, no interior do concelho do Porto Novo.

Segundo Manuel Silva, este projeto, que fica pronto com o fecho do anel da rede de média tensão, via estrada Poro Novo/Janela, e, consequentemente, com desativação definitiva da velha central elétrica da Ribeira Grande, tem permitido a expansão e a modernização de todo o sistema elétrico de Santo Antão.

O ato inaugural da interligação energética de Dominguinhas, que aconteceu ontem à noite, constitui “mais um passo” nesse processo de expansão e modernização da rede elétrica da ilha das montanhas, segundo o representante da Electra.

Segundo Manuel Silva, a obra foi realizada no quadro do programa “seis ilhas”, cofinanciado pelo João, Banco Africano para o Desenvolvimento (BAD) e pelo Governo de Cabo Verde, que tem permitido a desativação de pequenas e micro-centrais, bem assim a interligação de várias comunidades com a rede pública, garantindo, assim, o fornecimento de energia com qualidade 24 sobre 24 horas.

A micro central de Dominguinhas é a quarta infraestrutura do tipo desativada, em pouco mais de um ano, no município do Porto Novo, segundo o edil, Aníbal Fonseca, lembrando que a interligação energética de Dominguinhas foi a concretização de um sonho de quase duas décadas dessa comunidade, que passa a dispor de luz elétrica 24 horas/dia.

Porto Novo terá uma cobertura 100% em termos de energia elétrica durante 24 horas/dia já no decurso do primeiro semestre de 2018, com a conclusão do projeto de eletrificação do Planalto Norte, assegurou Aníbal Fonseca.

A inauguração da interligação energética de Dominguinhas, que consistiu na instalação de 2,5 quilómetros de cabo de média tensão, na construção de um posto de transformação de 100 kaveares e na reabilitação da rede existente, foi presidido pelo presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos.

O chefe do Parlamento lembrou que a eletrificação rural de Sancho Antão começou em 1992 e, quase 30 anos depois, a ilha está “praticamente eletrificada”, um investimento que, a seu ver, foi “fundamental” para fixar as populações nas suas localidades.

Esta quarta-feira, a Electra inaugura o projeto de interligação energética de Manuel Lopes, também no interior do concelho do Porto Novo.

Inforpress

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade