Home » Actualidades » UE dá 7 milhões de euros a Cabo Verde para combater efeitos da seca

UE dá 7 milhões de euros a Cabo Verde para combater efeitos da seca

A verba destina-se a apoiar as comunidades mais afetadas pelos efeitos da seca e do mau ano agrícola.

A União Europeia (UE) vai disponibilizar  7 milhões de euros, aproximadamente cerca de 772 milhões de escudos, para apoiar às comunidades mais afetadas pelos  efeitos da  seca e do mau ano agrícola em 2017 em Cabo Verde.

Segundo um comunicado da delegação da UE em Cabo Verde, esta verba destina-se a custear as ações de emergência e pós-emergência definidas no plano do governo de apoio às comunidades mais vulneráveis e mais afetadas pelos efeitos nefastos da seca e do mau ano agrícola e o referido montante  será transferido dentro de dias para o Tesouro do Estado, para reforço do apoio orçamental já prestado por essa Comunidade.

 “A União Europeia tem estado e continua a estar ao lado de Cabo Verde. Temos uma relação sólida, uma relação construída ao longo de quatro décadas, assente na partilha de valores comuns e confiança mútua. Juntos, continuaremos a trabalhar para fomentar o desenvolvimento sustentável e apoiar a criação de comunidades mais resilientes”, avança a embaixadora da UE acreditada no país,  Moreira de Sousa.

A UE faz questão de realçar ainda que é importante salientar a necessidade  da adopção de medidas concretas para adaptação de algumas práticas económicas, bem como da  gestão da água e do solo agrícola. “Só assim será possível mitigar os  efeitos das alterações climáticas que afetam cada vez mais a população de Cabo Verde”.

GC

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade