Home » Actualidades » Porto Novo: Slow Food e governo de Piemonte anunciam novos projectos para criadores do Planalto Norte

Porto Novo: Slow Food e governo de Piemonte anunciam novos projectos para criadores do Planalto Norte

Piemonte vai financiar 30 grelhas de ordenha para animais nesse planalto.

A fundação Slow Food e o governo da região italiana de Piemonte vão financiar, em 2018, mais dois projectos, visando apoiar os criadores de gado do Planalto Norte do Porto Novo, na melhoria da produção do queijo.

Essa certeza foi deixada aos criadores de gado do Planalto Norte por uma delegação de Slow Food e do governo de Piemonte que, semana passada, esteve de visita a Porto Novo, para discutir com esses criadores novos projectos para melhorar, cada vez mais, a qualidade do queijo tradicional desse planalto, já considerado um dos melhores do mundo.

A delegação, segundo o representante dos criadores, Irineu da Luz, comprometeu-se, ainda para 2018, apoiar a cooperativa dos criadores de gado da montanha, no Planalto Norte, na instalação de um serviço de tratamento veterinário dos animais para diagnóstico e tratamento do efectivo pecuário.

O outro projecto anunciado consiste no financiamento de 30 grelhas para a ordenha dos animais, conforme Irineu da Luz, que se mostrou “satisfeito” com a visita da delegação que integrou representantes de Slow Food, com sede em Itália, e do governo de Piemonte.

Ficou, também, o compromisso dessas duas instituições italianas em continuar a ajudar os criadores e gado do Planalto Norte na promoção do queijo desse planalto, desde 2007 património mundial do gosto.

O queijo tradicional do Planalto Norte do Porto Novo, que se faz através de leite de cabra cru, recebeu, em Setembro deste ano, na feira internacional do gosto, em Itália, o galardão “Slow Cheese Award”, atribuído de dois em dois anos, desde 2011, pelas autoridades italianas e pela fundação Slow Food.

A distinção é concedida aos artesãos e pastores que rejeitam atalhos e continuam a produzir os seus produtos respeitando a sua naturalidade, tradições e sabores.

Durante a visita da delegação italiana a Porto Novo, foi realizada, no salão nobre da câmara municipal, uma sessão de degustação do queijo tradicional e curado, este também já produzido no Planalto Norte.

O governo de Piemonte tem sido um dos principais parceiros dos criadores de gado do Planalto Norte do Porto Novo, que, nos últimos anos, têm sido contemplados, no quadro dessa cooperação, formação e apoios em materiais e utensílios para a produção do queijo tradicional.

Nesse âmbito, foram, igualmente, contemplados com uma unidade de produção de ração animal, já instalada no centro caprino de Chã de Itália, na cidade do Porto Novo.

Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados