Home » Actualidades » PJ diz não haver provas que chineses estão a roubar crianças na cidade da Praia

PJ diz não haver provas que chineses estão a roubar crianças na cidade da Praia

Polícia Judiciária apela cuidado com aquilo que é transmitido, sob pena de, além de provocar desinformação, instaurar pânico nas pessoas.

A Polícia Judiciária (PJ) fez saber que, contrariamente do que vem sendo veiculado no Facebook, “não há nenhum dado concreto” que aponte para novos casos de desaparecimento de crianças e nem que cidadãos chineses são culpados por tais actos.

“Assim sendo, e por não haver quaisquer elementos que levem a crer que estas informações sejam verídicas, a Polícia Judiciária apela a população a ter cuidado com aquilo que é transmitido, sob pena de, além de provocar desinformação, instaurar pânico nas pessoas”, diz um comunicado da PJ, completando que “é preciso ter responsabilidade com aquilo que se publica”.

Mais, a Polícia Judiciária faz saber que está a tomar todas as diligências, no sentido de esclarecer os factos sobre a investigação, “trabalhando incansavelmente”, e tudo fazendo para dar respostas mais rápidas possíveis sobre o caso da menor Edvânia Liciane Carvalho Gonçalves, desaparecida no passado dia 14 de Novembro.

“Esta entidade agradece, ainda, a colaboração de todos, e pede que, em caso de qualquer informação, que se comunique imediatamente às autoridades competentes, e não mais se façam alertas precipitadas por via das redes sociais, o que pode condicionar o bom andamento das investigações”, finaliza.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados