Home » Actualidades » Despejo “Casa para Todos” no Sal: autarquia disponível para ajudar quem quiser regressar à sua ilha natal

Despejo “Casa para Todos” no Sal: autarquia disponível para ajudar quem quiser regressar à sua ilha natal

O despejo contou com o apoio de 70 agentes da PN e 35 militares. Ao todo, 200 pessoas, incluindo crianças, habitavam o prédio de forma clandestina.

Cerca de 200 moradores que habitavam de forma clandestina um prédio conhecido como “Casa para todos” em Santa Maria, na ilha do Sal, foram ontem despejados.

O momento foi testemunhado por alguns moradores da ilha que partilharam fotos nas redes sociais do despejo, que contou com um forte aparato policial, envolvendo 70 agentes da polícia nacional e 35 militares.

Segundo a TCV, os moradores tiveram 30 dias para desocupar o imóvel que tinha sido penhorado pelo Tribunal a favor do banco Interatlântico, mas o prazo já tinha passado há uma semana, sem que a maioria dos moradores o tenham cumprido. Ouvidos pela TCV alguns moradores disseram não terem para onde ir.

Conforme a mesma fonte, a Câmara do Sal disponibilizou 20 mil escudos às famílias com crianças, para a sua reinstalação, apoio esse que muitas famílias já terão recebido.

Ainda segundo informações avançadas pela TCV a Câmara diz-se disponível para ajudar as pessoas que queiram regressar “à sua ilha natal”.

Fruto da pressão para a mão de obra turística, há vários anos que a ilha do Sal, como a da Boa Vista, vêem-se a braços com o problema de falta de habitação condigna e a preços capazes de serem suportados pelos trabalhadores, o que tem motivado o fenomeno das construções clandestinas, como pequenos bairros de lata.

Contudo, esta não é a primeira vez que pessoas são desalojadas na ilha do Sal. Ainda recentemente foram derrubadas barracas de lata na zona de Fátima e a Câmara garante que não vai mais tolerar construções ou ocupações clandestinas.

A NAÇÃO tentou ouvir o presidente da Câmara do Sal Júlio Lopes, sem sucesso.

GC 

@foto facebook Patone Lobo

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados