Home » Actualidades » O turismo cabo-verdiano faz-se de mulheres

O turismo cabo-verdiano faz-se de mulheres

Cabo Verde recebeu, nos primeiros nove meses deste ano, mais de 512 mil turistas, totalizando 3,3 milhões de dormidas

Mais de dois terços dos turistas que visitam Cabo Verde são mulheres. Os dados foram apresentados esta quarta-feira, 15 de novembro, pela ONU Mulheres, que revelou ainda que a mão de obra do setor do turismo é maioritariamente feminina.

Divulgados pela coordenadora da ONU Mulheres em Cabo Verde, Cláudia Rodrigues, os dados, de 2015, apontam que 74% dos turistas que visitam Cabo Verde são mulheres, e que 57,9% por cento da mão-de-obra do setor é feminina.

Os dados foram divulgados no âmbito de um ateliê sobre a abordagem de género no setor do turismo, que decorre até dia 17 de novembro, promovido pelo Instituto Cabo-verdiano da Igualdade e Equidade do Género (ICIEG) em parceria com a Direção-Geral do Turismo e ONU Mulheres em Cabo Verde.

“Tendo em conta que o turismo tem o rosto feminino, a nossa ideia é que as instituições nacionais possam influenciar o turismo praticado no arquipélago através de um plano de ação que vá ao encontro da verdadeira promoção da igualdade de género”, defendeu a presidente do Instituto Cabo-verdiano para Igualdade e Equidade do Género (ICIEG), Rosana Almeida.

Cabo Verde recebeu, nos primeiros nove meses deste ano, mais de 512 mil turistas, totalizando 3,3 milhões de dormidas, o que se traduz num aumento de 11,0% no número de hóspedes relativamente ao mesmo período de 2016.

Delas.pt com Lusa

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados