Home » Actualidades » Moçambique: Banco Mundial financia cultivo de arroz irrigado

Moçambique: Banco Mundial financia cultivo de arroz irrigado

A instalação do sistema contempla, também, assistência técnica e fornecimento de sementes melhoradas às famílias camponesas.

 

Mais de mil hectares de cultura de arroz na província central moçambicana de Sofala serão cobertos por um sistema de irrigação, de modo a melhorar a produtividade dos solos.

A instalação do sistema será financiada pelo Banco Mundial, que também tenciona investir na assistência técnica e fornecimento de sementes melhoradas às famílias camponesas.

Segundo o director provincial da Agricultura e Segurança Alimentar, Adérito Mavie, que facultou esta informação ao jornal “Notícias”, decorrem negociações visando acordar tudo sobre o desembolso dos fundos necessários para o projecto.

A iniciativa, segundo a fonte, visa potenciar a produção do arroz em campos irrigados na província de Sofala, aproveitando o potencial existente para o efeito.

Na presente campanha agrária, Sofala prevê aumentar a área irrigável de pouco mais de 340 hectares para três mil 160 hectares, pretendendo-se alcançar uma média de 246 mil 236 toneladas de arroz numa área global de 99 mil 200 hectares, trabalhados por pouco mais de 247 mil famílias camponesas.

Na campanha 2016-2017 a mesma zona produziu 228 mil 311 toneladas de arroz em 88 mil 900 hectares cultivados por pouco mais de 241 mil famílias, representando, desta vez, um crescimento de 7,8 por cento.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados