Home » Actualidades » Peças de viaturas roubadas e desmanteladas em Lisboa tinham Cabo Verde como destino

Peças de viaturas roubadas e desmanteladas em Lisboa tinham Cabo Verde como destino

As partes mais valiosas, como o motor e as caixas de velocidades, eram enviadas para Cabo Verde através de contentores.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Portugal deteve ontem, em Sintra, 17 pessoas por suspeita de ligação a uma rede internacional que roubava, desmantelava e enviava viaturas para África, incluindo Cabo Verde.

A notícia avançada pelo Correio da Manhã, e que cita um comunicado oficial da GNR, dá conta que essa rede operava sobretudo na Grande Lisboa, “sendo pontualmente alargada para distritos periféricos como Santarém e Setúbal”.

As peças dos veículos, depois de desmantelados, eram vendidas em “território nacional”, mas “as partes mais valiosas, como o motor e as caixas de velocidades, eram enviadas para África, através de contentores, designadamente para Cabo Verde”.

Segundo a mesma fonte, o material considerado “inútil ou sem valor comercial” era vendido às sucatas.

Os detidos começaram a ser ouvidos esta terça-feira pelo Tribunal da Comarca de Lisboa Oeste – Sintra, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respectivas medidas de coação.

GC

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados