Home » Actualidades » África do Sul: Justiça confisca casa de Vice-Presidente equato-guineense

África do Sul: Justiça confisca casa de Vice-Presidente equato-guineense

O Alto Tribunal do Cabo Ocidental, na África do Sul, confiscou a luxuosa casa do Vice-Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang Mangue, situada na Cidade do Cabo.

Nguema Obiang Mangue, que tem a fama de levar  uma vida luxuosa, ligou-se com o empresário Daniel Janse Van Resburg, que lançou, depois, um procedimento judicial contra ele, no montante de seis milhões de dólares americanos.

Van Rensburg cumpriu uma pena de 15 meses na célebre prisão “Black Beach”,  de Malabo, na Guiné Equatorial, depois dum contrato de aviação com um parente de Obiang. Afirma ter sido torturado e ter contraído a tifóide, a malária e a hepatite durante os tempos de cárcere.

O juiz Viencent Saldanha notou que Obiang que tentou invocar a imunidade diplomática esteve envolvido em procedimentos similares em França e nos Estados Unidos da América.

Em 2011, o Departamento norte-americano da Justiça confiscou 70 milhões de dólares americanos de bens pertencentes a Mangue, dos quais  um “jet Gulstream”, “yatchs”, veículos e lembranças de Michael Jackson.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados