Home » Actualidades » Natalie Silva, filha de imigrantes cabo-verdianos, vence eleições na “aldeia mais portuguesa” do Luxemburgo

Natalie Silva, filha de imigrantes cabo-verdianos, vence eleições na “aldeia mais portuguesa” do Luxemburgo

Uma filha de imigrantes cabo-verdianos no Grão-Ducado do Luxemburgo, venceu as eleições municipais em Larochette, conhecida como a localidade "mais portuguesa do Luxemburgo".

Natalie Silva, luxemburguesa de origem cabo-verdiana e vereadora desde 2011, conquistou 471 votos, mais 118 que o segundo classificado, nas eleições municipais em Larochette, no Luxemburgo. Silva deverá ocupar o cargo de burgomestre deixado vago por Pierre Wies, que não se recandidatou nestas eleições, depois de ter governado a autarquia durante 26 anos. Antes, os eleitos deverão ainda realizar uma reunião para formalizar as nomeações para os cargos no executivo camarário.

A localidade de Larochette tem menos de três mil habitantes e não há listas partidárias, sendo as candidaturas apresentadas em nome individual. Natalie Silva, que é também conselheira política do partido cristão-social (CSV) desde 2004, era vereadora em Larochette desde 2011, quando teve o segundo melhor resultado. Licenciada em Relações Públicas, em Bruxelas, Natalie Silva nasceu em Ettelbruck, filha de imigrantes cabo-verdianos que chegaram ao Luxemburgo em 1971, vindos de Portugal.

Larochette, conhecida como “a aldeia mais portuguesa do Luxemburgo”, tem 948 habitantes com passaporte português e apenas 877 luxemburgueses. Apesar disso, nos cadernos eleitorais os luxemburgueses estão em maioria, com 669 eleitores, estando inscritos para votar apenas 173 portugueses.

Cerca de 285 mil eleitores votaram este domingo nas eleições municipais do Luxemburgo, incluindo 13 mil portugueses.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados