Home » Actualidades » PR afirma que não houve consentimento prévio sobre o acordo SOFA

PR afirma que não houve consentimento prévio sobre o acordo SOFA

Para Jorge Carlos Fonseca, é bom que nesse tipo de questões haja sempre acompanhamento das negociações e até em certos casos, “assentimento prévio” do chefe de Estado

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca afirmou hoje que “não houve um consentimento prévio” sobre o acordo SOFA (Status of Forces Agreement) que o Governo cabo-verdiano irá assinar a 24 deste mês em Washington (EUA).

O chefe de Estado que foi questionado a esse propósito pelos jornalistas, hoje na Cidade da Praia, garantiu que já conhecia os contornos desse acordo, mas que na altura não manifestou nenhuma oposição.

Para Jorge Carlos Fonseca, é bom que nesse tipo de questões haja sempre acompanhamento das negociações e até em certos casos, “assentimento prévio” do chefe de Estado para que na altura da retificação “não haja situações constrangedoras”.

“O que deverei indicar sempre é que sendo o nosso sistema de Governo como é, e em matérias que exigem intervenção diferentes de diversos órgãos de soberania, cada um com as suas competências, é sempre prudente e positivo que haja alguma concertação”, argumentou sublinhando que não é bom que o Governo assine um acordo, o Parlamento aprova e não haja ratificação e o acordo não vigore.

No dia 24 de Setembro, o Governo irá assinar, em Washington, o acordo SOFA (em inglês -Status of Forces Agreement), que define o estatuto das Forças Armadas norte-americanas em território cabo-verdiano, por ocasião de exercícios militares conjuntos.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados