Home » Actualidades » Câmara da Praia apela aos munícipes para evitarem retirar plantas dos espaços verdes da cidade

Câmara da Praia apela aos munícipes para evitarem retirar plantas dos espaços verdes da cidade

O apelo surge na sequência de sucessivas retiradas das plantas que actualmente a edilidade está a colocar nas vias públicas de forma a dar um outro visual à capital do país.

O vereador da área do Ambiente e Saneamento da Câmara Municipal da Praia, Paulo Velhinho, apelou hoje aos munícipes para não retirarem plantas colocadas nos espaços verdes para embelezamento da cidade.

O apelo surge na sequência de sucessivas retiradas das plantas que actualmente a edilidade está a colocar nas vias públicas de forma a dar um outro visual à capital do país, sobretudo no momento em que a mesma se prepara para receber “importantes eventos”, que trarão à cidade pessoas de vários países do mundo.

“Neste momento, são várias as avenidas e rotundas que estão a ser contempladas com a introdução de plantas coloridas de diferentes espécies. Colocamos plantas nos separadores desde a rotunda de Chã de Areia até rotunda de Lém Ferreira. No entanto de um dia para outro todas as plantas de flores foram retiradas”, contou.

“Por isso estamos a apelar as pessoas para nos ajudar a dar um novo visual à nossa Cidade da Praia”, apelou adiantando que a preferência da edilidade e  sensibilizar os cidadãos em vez de aplicar coimas como rege o código de posturas municipais.

Paulo Velhinho aproveitou para informar que a Câmara Municipal da Praia tem um viveiro municipal, no Parque 05 de Julho, onde são produzidas e distribuídas plantas ornamentais e que as pessoas interessadas devem deslocar-se para esse local para a solicitação das plantas.

“A câmara quer ajudar as pessoas a terem também a sua rua, a sua casa embelezada e nós estamos disponível para dar todo o apoio porque também é do nosso interesse que a nossa cidade esteja bonita”, disse o vereador.

A Cidade da Praia acolhe de 17 a 20 de Outubro IV fórum Mundial de Desenvolvimento Económico e Local, evento que deverá contar com cerca de duas mil participantes de diversos países do mundo.

Também em Outubro a capital do país será palco do VII encontro de escritores de Língua Portuguesa e que causar boa impressão nos visitantes, disse Paulo Velhinho.

Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados