Home » Actualidades » “Quem diz que São Vicente está bem graças ao Governo do MpD só pode estar com ressaca” – Alcides Graça

“Quem diz que São Vicente está bem graças ao Governo do MpD só pode estar com ressaca” – Alcides Graça

Acrescentou, “quem está com ressaca não pode estar bem e quem está bem não pode estar com ressaca”.

O responsável local do PAICV em São Vicente, Alcides Graça, afirmou na quarta-feira (6) que o presidente da câmara “só podia estar com ressaca” quando afirmou que a ilha “está bem graças ao Governo do MpD”.

Em conferência de imprensa, realizada em Mindelo, utilizando a expressão “ressaca” que Augusto Neves veiculou na sua conferência de imprensa de segunda-feira, de balanço do primeiro ano do novo mandato, em que afirmou que “São Vicente vive “uma pura ressaca fruto da má governação” do PAICV, Graça sublinhou que Neves “não sabe o que diz”.

É que, acrescentou, “quem está com ressaca não pode estar bem e quem está bem não pode estar com ressaca”.

Relativamente ao balanço feito pelo edil mindelense, o líder local do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição), disse que Augusto Neves “apenas” se referiu a promessas de campanha do Movimento para a Democracia (MpD, no poder) e a investimentos públicos e privados previstos para a ilha.

A única excepção, reiterou, foi a menção feita para os “próximos tempos” para o reinicio da construção do poli-desportivo da zona norte, “projecto que já tem barba branca”, e para a requalificação da Avenida Marginal e a Rua de Morguino, pois “nada tinha a apresentar” em obra feita.

“Como não tinha obra para apresentar decidiu atacar o anterior governo , do PAICV, e com isso tentar desviar a atenção dos mais incautos”, acusou Alcides Graça, que lembrou a Augusto Neves que o governo do PAICV foi julgado no dia 20 de Março de 2016.

Portanto, acrescentou, quem tem responsabilidade de governar e apresentar “resultados prometidos na campanha” é o MpD e a sua câmara.

“Uma ilha com uma das maiores taxas de desemprego jovem do país, com uma bolsa de pobreza extremamente elevada, e com o registo do aumento da criminalidade não pode estar bem”, ajuntou o coordenador local do PAICV.

Alcides Graças aproveitou a oportunidade para denunciar uma “deriva de Augusto Neves, “que, segundo disse, andou sete anos a falar da República de Santiago”, criticando o então modelo de governação “excessivamente centralizador” e que agora, pouco mais de um ano de mandato do MpD, vem agora dizer que São Vicente está bem.

“O presidente da câmara literalmente ajoelhou-se diante dos chefes vindos do sul, obrigando-o a engolir o orgulho vicentino”, acusou Alcides Graça, para quem Augusto Neves tornou-se “na maior vergonha” de São Vicente.

“Certamente que o povo saberá dar resposta a esta traição perpetrada por quem escolheu para defender a ilha e projectá-la para outros patamares de desenvolvimento nos próximos quatro anos”, concluiu Alcides Graça.

Fonte: Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados