Home » Desporto » Governo cria Equipa Técnica de Apoio e Monitorização dos Desportos Náuticos, Aquáticos e de Praia

Governo cria Equipa Técnica de Apoio e Monitorização dos Desportos Náuticos, Aquáticos e de Praia

A missão da ET-DNAP passa por promover o turismo desportivo e o desporto náutico, aquático e de praia.

O Governo, através do Ministério do Desporto, acaba de criar a Equipa Técnica de Apoio e Monitorização dos Desportos Náuticos, Aquáticos e de Praia, doravante, ET-DNAP, que deverá funcionar enquanto instância de coordenação, apoio, monitorização e desenvolvimento das respetivas modalidades e da promoção do turismo desportivo.

Num comunicado, o Governo refere que o processo de promoção e transformação do sector do Desporto passa necessariamente por intervenções em vários domínios, com particular ênfase aos desportos ligados ao mar, nomeadamente náutico, aquático e de praia.

Por um lado, essas modalidades desportivas têm dado excelentes resultados ao país a nível mundial e, por outro, destacam-se as nossas ilhas, particularmente a do Sal, considerada tecnicamente, por experts internacionais, um dos melhores “spots” mundial para a prática das mencionadas modalidades, que oferecem condições perfeitas e atrativas para potencializar o Turismo Desportivo.

Neste sentido, surgiu a necessidade de se ter uma organização interna sólida, capaz de dar vazão às necessidades de capacitação, planificação e exploração deste potencial disponível, atraindo o maior número de eventos desportivos quanto possível para o país.

Assim, a ET-DNAP criada para essa finalidade vai funcionar junto do Departamento Governamental responsável pela área do Desporto, integrando o representante do Departamento Governamental responsável pela área do Desporto, que preside; um representante da Câmara de Turismo; um representante da Associação Nacional dos Municípios Cabo-verdianos (ANMCV); uma entidade de reconhecido em matéria de Desportos Náuticos, Aquáticos e de Praia, indicado pelo Ministro do Desporto.

A missão da ET-DNAP passa por promover o turismo desportivo e o desporto náutico, aquático e de praia, através da administração de parcerias para o desenvolvimento das modalidades respetivas; capacitação das Associações Regionais para o reforço institucional; apoio no processo de captação, cada vez mais, de eventos internacionais para Cabo Verde; e a criação das condições para institucionalização e internacionalização das respetivas Federações Nacionais.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados