Home » Actualidades » PJ incinera os 1.157 quilos de cocaína apreendidos em São Vicente (com fotos)

PJ incinera os 1.157 quilos de cocaína apreendidos em São Vicente (com fotos)

O processo para incineração da droga apreendida teve início com a pesagem da mesma, ainda nas instalações da PJ, em Mindelo.

A Polícia Judiciária procedeu na manhã desta sexta-feira (1) à incineração dos 1.157 quilogramas de cocaína apreendidos em São Vicente, na sequência da “Operação Zorro”.

O processo para incineração da droga apreendida teve início com a pesagem da mesma, ainda nas instalações da PJ, em Mindelo. De seguida uma caravana composta por viaturas da PJ, polícia nacional, forças armadas e bombeiros acompanhou a viatura com a droga até o local da incineração, algures nas proximidades do Centro de instrução militar do Morro Branco.

Na presença de três procuradores, jornalistas, além das autoridades policiais e militares, a droga foi queimada. Antes disso um efectivo da PJ, auxiliado por voluntários escolhidos aleatoriamente, fez exames ao produto para garantir que se tratava de facto de cocaína. Os testes acusaram não só que era cocaína, como ainda comprovaram o seu elevado grau de pureza.

Em declarações no decorrer do processo de incineração, o coordenador de investigação criminal, Anduleto Ribeiro, disse que o processo traduz o cumprimento da lei que garante que é determinada a destruição do produto, cinco dias após a conclusão do relatório do exame.

O forte dispositivo de segurança que acompanhou este processo desde o seu início deve-se ao facto de tratar-se de uma carga internacional, segundo este responsável.

Não obstante ter-se falado na melhoria das condições de incineração de droga em São Vicente, este processo continua seguindo o mesmo procedimento, ou seja, ao ar livre. Isto levanta algumas questões, sendo a primeira delas os danos que pode causar ao ambiente. Entretanto, sem avançar nomes, Anduleto Ribeiro garante que a PJ já tem conhecimento de instituições com o processo para montagem de incineradoras bem avançado, o que faz crer que os procedimentos tendem a mudar.

Os 1.157 quilos de cocaína ora incinerados foram apreendidos no dia 23 de Agosto, após uma busca à embarcação Rich Harvest, que estava atracado na Marina do Mindelo.

Esta apreensão resultou na detenção de quatro indivíduos, com idade compreendida entre 25 e 49 anos. Desses, dois ficaram em prisão preventiva, enquanto que aos restantes foi aplicado Termo de identidade e residência.

JF

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados