Home » Actualidades » Meliantes agridem mulher e são atropelados momentos depois

Meliantes agridem mulher e são atropelados momentos depois

Vítima e agressores reencontraram-se, cara a cara, depois, nas urgências do Hospital Agostinho Neto.

Admilson Tavares e Walter Pereira, ambos de 25 anos, são os protagonistas de um insólito caso, ocorrido na madrugada de terça-feira passada. Agrediram uma mulher na Ponta d’Água e, momentos depois, foram atropelados por uma viatura na Achada de São Filipe, para onde fugiram. Vítima e agressores reencontraram-se, cara a cara, depois, nas urgências do Hospital Agostinho Neto.

Segundo informações recolhidas pelo A NAÇÃO, Admilson e Walter, referenciados como “jovens perigosos” e pertencentes ao temido grupo “Favela” do bairro Ponta D’Água, agrediram Maria Isabel Varela com arma de fogo, chutos e pontapés.

Esta agressão, cujo motivo A NAÇÃO não conseguiu apurar, aconteceu, segundo nossos informantes, no início da madrugada de terça-feira, 15. Depois de consumarem o acto, os dois meliantes fugiram para a zona de São Filipe, deixando a vítima caída no chão, contorcer-se de dores.

Entretanto, momentos depois, Admilson e Walter viriam a ser atropelados na estrada principal de São Filipe por uma viatura que seguia em direcção ao centro da cidade da Praia. Sabe-se que um outro indivíduo, José Semedo, residente em Montanha, nos Órgãos, foi igualmente apanhado pela mesma viatura. Quanto a este terceiro, não se sabe se pertence ou não ao mesmo grupo de Admilson e Walter. O certo é que os três foram encaminhados e socorridos no Hospital Agostinho Neto.

Já nas urgências do HAN, Maria Isabel Varela, que já estava a sair, depois de receber curativos e apresentado queixa à Polícia Nacional, deparou-se com Admilson e Walter, que estavam a entrar para serem socorridos. Ainda de acordo com as nossas fontes, a mulher não escondeu a sua satisfação com esta “justiça divina”. Os dois delinquentes, que continuam hospitalizados, vão acertar contas com a justiça, mas humana, logo assim que receberem alta, em resultado da queixa de Maria Isabel contra eles.

Quanto ao condutor que atropelou Admilson, Walter e José, A NAÇÃO sabe que foi detido pelos agentes da Esquadra de Trânsito da Polícia Nacional, para depois ser entregue ao Ministério Público. Apesar dos nossos esforços, não nos foi possível apurar o que estaria na origem do acidente.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados