Home » Actualidades » Campeonato Nacional Futebol: Sporting vence Ultramarina por 2-1 na primeira mão da final

Campeonato Nacional Futebol: Sporting vence Ultramarina por 2-1 na primeira mão da final

Foi um jogo disputado em ritmo lento devido sobretudo a falta de competição das duas equipas.

O Sporting da Praia venceu o Ultramarina por 2-1 no jogo da primeira mão do Campeonato Nacional de Futebol, realizado na tarde deste domingo, no Estádio Orlando Rodrigues, em Tarrafal de São Nicolau.

Foi um jogo disputado em ritmo lento devido sobretudo a falta de competição das duas equipas. A partida da primeira mão da final estava inicialmente marcada para 8 de Julho, mas dado a novela em torno do jogo das meias-finais que opunha o Mindelense e o Ultramarina, só se jogou 43 dias depois, a 20 de Agosto.

Os jogadores de ambas as equipas demonstraram falta de ritmo competitivo, a juntar ao sol abrasador e ao calor que se fez sentir em São Nicolau. Mesmo assim, o Sporting dominou todas as ocorrências do jogo, principalmente na primeira parte em que fez os dois golos que lhe valeram a vitória.

O primeiro golo do Sporting surgiu aos 10 minutos, por Blessed, na sequência de um pontapé de canto. O central leonino subiu no terreno e inaugurou o marcador no Estádio Orlando Rodrigues, com culpas para o guarda-redes do Ultramarina, Nhá.

O Ultramarina não conseguia criar oportunidades de golo e o seu primeiro pontapé de canto só surgiu aos 38 minutos, mas sem perigo para a baliza de Kelvin.

Aos 42 minutos surge o segundo golo para o Sporting. O lateral esquerdo Panduru foi o autor do tento, aproveitando um passe de Sunday para perfurar a defesa do Ultramarina e bater Nhá.

O Ultramarina entrou mais forte na segunda parte, procurando reduzir o resultado e alimentar esperanças para a segunda mão na Cidade da Praia. A equipa de São Nicolau teve mais posse de bola nesse período e criou mais oportunidades.

Já perto do fim do jogo, aos 88 minutos, o lateral esquerdo do Sporting Panduru comete penálti sobre Gege. Chamado a marcar, Patxick não perdoa e reduz para 2-1. Depois do golo, ainda o Ultramarina tentou empatar o jogo, mas sem sucesso.

No final da partida, os treinadores do Sporting e Ultramarina, Lito e Xande, respectivamente, como também os jogadores, acusaram a paragem de mais de um mês que fez com que o jogo fosse disputado sem ritmo competitivo e com índices físicos muito baixos.

Tudo aberto para a segunda mão da final do Campeonato Nacional, que se realiza no próximo fim-de-semana, no Estádio da Várzea, na Cidade da Praia.

AN

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados