Home » Actualidades » Governo quer créditos mais baratos para a economia cabo-verdiana

Governo quer créditos mais baratos para a economia cabo-verdiana

Para o ministro das Finanças, Olavo Correia, “o quadro existente não é facilitador”, daí que garante que o Governo está a criar fundos de garantia efectivos para a partilha dos riscos.

O Ministro das Finanças, Olavo Correia, instigou a Banca nacional a conceder “mais créditos e créditos mais baratos” à economia.

“Temos que criar as condições para que o sector privado tenha acesso ao financiamento, porque é só através desse mecanismo que teremos os requisitos necessários para que a nossa economia cresça e evolua a taxas muitos acima daquela que hoje verificamos”, defende Olavo Correia, para quem os bancos desempenham neste domínio um importante papel.

Entretanto, aquele Governante reconhece que “o quadro existente não é facilitador”, daí que garante que o Governo está a criar fundos de garantia efectivos para a partilha dos riscos com o sistema bancário para as micro, pequenas, médias e grandes empresas a operar em Cabo Verde.

Adiantou ainda que se está a criar uma instituição pública para dinamizar o “Venture Capital”. Reforçou ainda que o Governo está a dar todo o apoio às empresas, no sentido de acederem aos mercados financeiros internacionais na busca ao financiamento.

Olavo Correia fez estas declarações esta semana no âmbito da assinatura de um protocolo entre o Governo de Cabo Verde e o Banco Comercial do Atlântico – BCA, com vista à liquidação de dívidas do Estado para com a instituição.

Na mesma cerimónia, o BCA aproveitou para fazer o lançamento de dois produtos (Crédito às PME´s e Crédito Habitação) orçados em cerca 15 milhões de contos.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados