Home » Actualidades » Festival Baía das Gatas: Djodje e Alborosie brilham em noite de “estrelas”

Festival Baía das Gatas: Djodje e Alborosie brilham em noite de “estrelas”

Djodje, um dos mais aguardados da noite, esteve fiel à própria imagem, neste regresso a um dos palcos que o catapultou para a ribalta do mundo da música.

As actuações dos artistas Djodje e Alborosie marcaram o segundo dia da 33ª edição do Festival da Baía das Gatas. O angolano Anselmo Ralph e a comitiva liderada pelo sambista brasileiro, Dudu Nobre, não ficaram muito atrás naquela que foi uma verdadeira noite de “estrelas”.

Djodje, um dos mais aguardados da noite, esteve fiel à própria imagem, neste regresso a um dos palcos que o catapultou para a ribalta do mundo da música. A subida ao palco deu-se passados 40 minutos das duas horas da madrugada.

O público foi ao rubro com as músicas “Vai embora”, Namora comigo”, “Txukinha”, “Poderosa”, “Beijam”, “Uma chance”, “Um segundo” entre outros. Os temas “Mon pa altura”, “Veron ki dja txiga”, interpretados ao lado de Ricky Boy trouxe à memória o período em que esta dupla de primos partilhavam os palcos, dentro e fora do país.

O artista italiano, Alborosie, foi o último a actuar no festival, mas cumpriu com a velha máxima de que o ”melhor” fica sempre para o fim. Ao longo de uma hora envolveu o público afecto ao estilo reggae, com temas como “Herbalist” ou “Johnny be good”. Um dos momentos mais marcantes do show de Alborosie foi quando subiu ao palco, ostentando uma bandeira de Cabo Verde.

Em termos de artistas, Anselmo Ralph foi o primeiro a subir ao palco, onde cantou e encantou a enorme legião de fãs, presente no festival. Trata-se da segunda vez que o angolano actua neste festival, depois de se ter estreado no certame em 2014.

A performance de Anselmo teve pouco mais de uma hora de duração. Neste espaço temporal conciliou algumas composições novas com outras mais conhecidas do público, casos de “Curtiçao”, “Única mulher”, “Assumir barulho”, “Não me toca” e “Muito obrigado”. Este último simboliza o agradecimento aos fãs que lhe tem acompanhado desde o inicio da carreira.

Dudu Nobre, “o senhor que se seguiu”, acompanhado de banda e bailarinos fez as delícias dos amantes do Carnaval. Esta actuação foi complementada com as de Johnny, Constantino Cardoso e Anísio Rodrigues. Estes, na qualidade de anfitriões, fizeram as honras da casa em ritmos também carnavalescos. Uma vez mais, o público não ficou indiferente.

A animação musical dos DJ’s, Kévy e Fatboy, marcou o arranque do  segundo dia do Festival Baía das Gatas 2017, às 21:30. Estes, durante cerca de uma hora fizeram as delícias do público mais jovem.

JF

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Classificados