Home » Actualidades » Mais desovas de tartarugas verdes registadas no Maio

Mais desovas de tartarugas verdes registadas no Maio

A Fundação Maio Biodiversidade registou pela segunda vez neste ano, a desova de duas tartarugas verdes na praia de Santana, ilha do Maio.

Esta observação, segundo disse o coordenador da patrulha à Inforpress, foi feita num período de menos de 10 dias, em que duas tartarugas verdes escolheram a praia de Santana para fazerem a sua desova. Um fenómeno também registado pelo segundo  ano consecutivo.

“É uma espécie que não é comum desovar nas praias de Cabo Verde, mas sabemos que registamos a presença de várias unidades juvenis deste tipo que frequentam as nossas águas para se alimentarem, pelo que em conformidade com a careta-careta merecem maior atenção, visto que estão em vias de extinção”, frisou Leno Passos.

Segundo este responsável, a quando da saída da primeira tartaruga não foi possível fazer a recolha de dados, mas com a segunda aconteceu diferente.  Inclusive os ovos foram colocados juntos com a primeira, numa incubadora instalada naquela praia para se poder fazer a monitorização durante todo o processo até a sua eclosão.

Com um mês de campanha da protecção das tartarugas marinhas, Leno Passos guarda a esperança que possam registar mais tartarugas do tipo. Entretanto, lamentam que nesse mesmo tempo terem já acontecido mais de 15 apanhas de tartarugas, um número acima da média em relação ao ano passado.

Razão pela qual estão a reforçar a patrulha, enquanto aguardam a efectivação da lei que criminaliza a apanha da tartaruga.

LN

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados