Home » Actualidades » AJEC propõe criação de balcão de apoio às micro e pequenas empresas

AJEC propõe criação de balcão de apoio às micro e pequenas empresas

Este balcão também poderá apoiar no esclarecimento sobre o Regime Especial das Micro e Pequenas Empresas (REMPE).

O presidente da Associação dos Jovens Empresários de Cabo Verde (AJEC), Paulo Cabral, considera necessária a criação de um balcão de apoio às Micro e Pequenas Empresas (PME) por permitir “maior formalização” de empresas.

O responsável da AJEC, que fez esta declaração à imprensa, no final de uma audiência com o ministro das Finanças, Olavo Correia, no âmbito das audições promovidas com vista à recolha de subsídios para a elaboração do OE/2018, disse igualmente que este balcão também poderá apoiar no esclarecimento sobre o Regime Especial das Micro e Pequenas Empresas (REMPE).

“Apresentamos também propostas complementares que vão no sentido de informatização da gestão das empresas através de software e consultorias de apoio ao negócio, mas com uma base em equipamento”, informou Paulo Cabral.

A AJEC, segundo Paulo Cabral, propôs “um pacote completo que permite as empresas em fase de alavancagem a melhoria do seu desempenho” na economia cabo-verdiana. “Só isso vai permitir, de facto, a criação de empregos em Cabo Verde”, garante.

O presidente da AJEC disse esperar que “o OE para 2018 venha traduzir aquilo que é o programa do governo, dito como voltado” para empresas. “Queremos ver os recursos para as empresas poderem fazer melhor desempenho com uma carga fiscal responsável, mas que seja suportável”, frisou Paulo Cabral.

A AJEC quer que o governo crie, sobretudo, condições para as empresas terem o desempenho que lhes possibilite lucros e criação de emprego, sublinhou o economista.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados