Home » Actualidades » Povoações da ilha do Maio com penúria de água

Povoações da ilha do Maio com penúria de água

A população das localidades de Morro, Morrinho e vila da Calheta classificam de “gritante” o problema de falta de água.

A população das localidades de Morro, Morrinho e vila da Calheta classificam de “gritante” o problema de falta de água que já dura há mais de dois meses e pedem “intervenção urgente” da edilidade.

O pior, declararam moradores à Inforpress, é que não estão a ser informados pelo Serviço Autónomo de Água e Saneamento sobre a origem deste problema e nem sequer sobre a data provável para a normalização do abastecimento nestes três povoados.

Por causa disso, a maioria das pessoas está a consumir água de poços, de “qualidade duvidosa” para o consumo humano, o que pode estar a colocar em perigo a saúde pública, de todo modo tem sido a “única alternativa” de momento.

A situação agrava-se no que se refere aos animais, porque com a falta de água não sabem como fazer com os animais para os dar de beber, logo  nestas três urbes em que se vive essencialmente da criação de gado.

O  presidente da Câmara Municipal do Maio, Miguel Rosa, tinha dito há mais de um mês  que o problema estaria normalizado logo na semana seguinte, mas até o momento só tem vindo a agravar-se para o desespero dos moradores.

Também segundo os responsáveis do projecto Wash, que está em andamento na ilha para melhorar o acesso a esse bem, as obras não interferem no abastecimento de água às populações.

LN C/Inforpress

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Publicidade