Home » Actualidades » São Domingos candidata-se à “Rede das Cidades Criativas da Unesco” 

São Domingos candidata-se à “Rede das Cidades Criativas da Unesco” 

O Município conta com o apoio dos artesãos e das unidades produtivas, que vêem neste título, uma forma de reconhecimento do seu trabalho.

São Domingos, capital do Município do mesmo nome – no interior de Santiago -, candidatou-se à “Rede das Cidades Criativas da Unesco” com o tema “Artesanato e Artes Populares”.

A modos de justificação, o edila Clemente Garcia disse ao  A NAÇÃO que as indústrias criativas, com ênfase na produção artística, são importantes para a promoção da cultura e o desenvolvimento sustentável do seu Município, traduzido no desenvolvimento do turismo e geração de rendimentos para as famílias e empresas.

“Ao longo dos anos, vários projetos no domínio cultural foram implementados, particularmente, a criação do Centro da Cerâmica de São Domingos, onde se formou muitos jovens na produção artística em cerâmica, olaria, tecelagem, pintura e artesantao, com base na transformação dos recursos naturais e lixos em arte”, sustenta Garcia,  notando que, recentemente, o espaço foi transformado numa Escola de Artes e Ofícios.

O autarca destaca que foram feitas várias intervenções no domínio da Cultura, como é o caso da criação da Avenida “Ntoni Denti Di Ouro”, uma “referência maior no Batuque e Finaçon”, na ilha de Santiago e Cabo Verde, a par da edificação de uma estátua em memória de Ano Nobo (em curso).

“O programa de reabilitação da Cidade de São Domingos destaca-se pela valorização cultural e promoção do Município, a nível nacional e internacionacional, através de feiras culturais e gastronómicas”, frisa o edil dominicano, notando que a

decisão municipal de “apresentar esta candidatura, assentou no valor humano como motor para o desenvolvimento urbano sustentável”.

Ainda ele, o Município conta com o apoio dos artesãos e das unidades produtivas locais, que poderão ver, neste título, uma forma de reconhecimento do seu trabalho, do trabalho dos seus antepassados e uma motivação para novas gerações de criadores.

A “Rede de Cidades Criativas” foi criada em 2004, para promover o desenvolvimento social, económico e cultural de cidades de países desenvolvidos e de países em desenvolvimento.

A data-limite para a submissão de candidaturas foi 16 de Junho.

A candidatura de São Domingos aconteceu em articulação com Barcelos (de Portugal), um dos municípios com quem tem geminação.

De acordo com o sítio da Unesco, as duas cidades cabo-verdianas que apresentaram candidaturas, foram São Domingos e Praia.

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados