Home » Actualidades » BCV anuncia medidas para estimular o crédito à economia

BCV anuncia medidas para estimular o crédito à economia

A taxa directora foi reduzida em dois pontos percentuais, de 3,5 para 1,5 por cento

O governador do Banco de Cabo Verde (BCV), João Serra, divulgou esta segunda-feira, um conjunto de medidas de política monetária como forma de estimular o crédito à economia.

A taxa directora foi reduzida em dois pontos percentuais, de 3,5 para 1,5 por cento (%), com comunicação concomitante ao mercado da orientação da política monetária do BCV e acompanhamento contínuo dos impactos, com vista a provocar uma reacção mais rápida e profunda nas acções de resposta da banca, “sem comprometer ou causar insegurança nos segmentos chaves do funding das instituições de crédito”.

Segundo João Serra, a taxa directora é uma   tarifa em que o Banco Central gostaria que os bancos comerciais   trocassem dinheiro entre si. “A redução dessa taxa se deve ao facto de a mesma não estar a assumir a sua função de sinalizar o mercado”.

De entre outras medidas, pontificam-se a redução da taxa de facilidade perante de absorção de liquidez de 0,25% para 0,1 % e a eliminação da isenção às instituições financeiras bancárias de um milhão de contos sobre a base de incidência do regime de reservas mínimas.

Com estas medidas que entram em vigor nesta terça-feira, 06, o BCV propõe que o Governo implemente os instrumentos de mitigação do risco de crédito, para que os bancos comerciais possam criar uma maior predisposição para a concessão de créditos.

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone

Comentário

Notícias Relacionadas

Classificados